Restrita

(2015)

[performance para computador e alto-falante preparado]

Vitor Kisil

Esta peça faz uso de um alto-falante preparado que construí especialmente para o concerto ¿Música? 11 [realizado no Estúdio Fita Crepe, no dia 29 de agosto de 2015]. O alto-falante é cercado por resina mas possui diretamente em sua frente uma bolha de ar que permite que ele possa permanecer funcionando. A peça fazia com que o alto-falante tocasse, em volume bem elevado, alguns sons musicais e alguns discursos e falas que considerei interessantes e depois eu os manipulava. Mas apenas uma pequena parte destes sons -conseguia ultrapassar a resina e soar - com timbre alterado - no espaço de concerto.

Notas de programa do evento ¿Música? 11, onde essa peça foi apresentada:

 

A Série “¿Música?”, uma série de concertos de música experimental surgida em 2006 e organizada pelo NuSom, chega em sua 11ª edição com mais um concerto temático: música silenciosa. Esse tema traz à tona a figura de John Cage (1912-1992) que em 1952 inicia uma crise na arte com sua famosa “peça silenciosa”, 4’33”. Uma das consequências dessa crise foi a de questionar o próprio fazer musical: “porque fazer música se todos os sons do mundo são válidos como musicais e tudo que eu tenho a fazer é escutar?” A partir dessa crise surgiram e ainda surgem diferentes formas de abordar o silêncio na música, as quais, dentre outras coisas, investigam as “possibilidades de se continuar a ‘criar’ música pós-4’33”.” Desde um passeio sonoro, uma improvisação silenciosa, uma performance que explora a vida própria de um equipamento
eletrônico silenciando os músicos humanos que apenas buscam “acalmá-lo”, uma peça que dialoga com a visualidade de uma escultura ao aprisionar um alto-falante, e peças que exploram poucos sons de baixas intensidades e o uso de silêncios estendidos são apresentadas no “¿Música? 11: música silenciosa”. Todas essas performances compartilham uma sutileza na produção do som que traça um jogo entre o estímulo dos nossos sentidos (especialmente o da escuta) e a permissão da entrada de outros sons que habitam, mesmo que de forma fugaz, o ambiente de escuta. “Existem diferentes tipos de silêncio ou diferentes contextos que podem estruturar o silêncio como sendo o mesmo fenômeno?” Uma forte sensação de presença física do corpo no tempo e o estímulo da imaginação convivem intimamente numa espécie de harmonia dinâmica nesta décima primeira edição da série “¿Música?”.

Restrita (2015)

[para computador e alto-falante preparado]

Vitor Kisil

Duração: aproximadamente 7 minutos

Primeiras reflexões sobre um alto-falante com fala restrita.

Restrita02
Restrita02
press to zoom
Restrita01
Restrita01
press to zoom
20150825_115636
20150825_115636
press to zoom
20150825_114759
20150825_114759
press to zoom
20150825_114738
20150825_114738
press to zoom
20150825_114633
20150825_114633
press to zoom
20150829_010530
20150829_010530
press to zoom
20150829_010449
20150829_010449
press to zoom
20150829_003236
20150829_003236
press to zoom